terça-feira, 11 de novembro de 2014

Pensamentos Soltos#23


-Ter essa paixão por algo… - Um leve esgar retorceu-lhe a boca. - ou por alguém. É maravilhoso, Claire, e muito raro. 
Estreitou-me a mão, soltando-a de seguida. Depois tirou um livro da estante que tinha junto à mesa. Era um dos seus textos de referência: Patriotas, de Woodhill, uma série de biografias dos Pais Fundadores da América do Norte
(…)
-Esta gente era assim. Da que se interessa tanto para arriscar tudo. A maioria não é assim, sabes? Não é que não se importem, mas não se importam tanto. - Pegou-me na mão outra vez e percorreu-me as linhas com um dedo. - Estará aqui? Há gente destinada a algo grandioso? Ou é porque nasceram com essa grande paixão e, se se encontram nas circunstâncias adequadas, as coisas acontecem? É o que se pergunta quando se estuda história. Mas não há modo de o saber. Só sabemos o que conseguiram. 
(…)
-Mas esta gente, Claire… Pagou o seu preço



Frank Randall em A Viajante (3º livro Outlander)
Diana Gabaldon

P.S. a parte que mais me interessa é a parte em sublinhado. O resto é para contexto. Será que existe mesmo destino? Que existem pessoas destinadas a coisas grandiosas e outras nem tanto? Ou será que estas pessoas são tão apaixonadas por algo que não têm medo de arriscar e de aproveitar todas as oportunidades e assim fazem coisas grandiosas?
Pergunto-me se estarem destinada ou se irei ter a coragem de arriscar.. Neste momento estou a arriscar pela minha paixão.. mas valerá a pena? Porque pode haver um grande não no final da espera. 

1 comentário:

  1. Eu acho que há coisas na nossa vida, marcos, pelos quais inevitavelmente iremos passar, mas o caminho para a eles chegar e a forma como chegámos, dependem apenas de nós e das circunstâncias da vida

    ResponderEliminar

Olá =) obrigado por me visitarem :)
Desculpem mas não irei responder a todos os comentários.. Mas quando responder será no blog da pessoa e no meu próprio blog..

Kiss*