sábado, 10 de janeiro de 2015

Briana à procura de homens de kilt (3)



Estou a deparar-me com uma coisa que estava à espera mas que não pensava que ia ser tão complicada.. A voz e a expressão da minha mãe sempre que se fala do assunto.. Eu não lhe queria contar já, mas acabou por cair em conversa.. 
Eu sei que ela irá chorar (não sejam maus a dizer que ela vai fazer uma festa) e isso magoa-me imenso.. Ela está reformada por invalidez e como eu estou desempregada, desde o final das aulas que passo o dia todo com ela.. O meu pai passa o dia todo a trabalhar, sai às 4h da manhã e normalmente chega às 20h, e basicamente janta e dorme, só ao fim de semana é que teria mais companhia.. 

E custa-me imenso saber que a vou deixar sozinha, custa-me imenso saber que ela vai andar aqui pelo quarto a pensar nos momentos em que estava aqui.. Ela fez isso quando o meu irmão saiu de casa e ele está na mesma cidade.. 
Sinceramente nem sei até que ponto conseguirei seguir em frente sabendo o que ela vai passar aqui

11 comentários:

  1. É realmente algo muito complicado querida mas infelizmente o nosso país é assim, obriga-nos a ir procurar lá fora o que ele mesmo nos devia dar mas só nós fecha as portas em vez de as abrir :s

    ResponderEliminar
  2. São essas situações que a mim me custariam imenso enfrentar caso tivesse com a mesma ideia que tu. Uma boa conversa sobre o assunto, sem ser rápida ou porque simplesmente calhou em conversa era necessária, para ela ter oportunidade de desabafar e tu explicares tudo o que também sentes.

    ResponderEliminar
  3. Nós não nos podemos deixar ficar num sítio onde, actualmente, não temos grandes perspectivas de vida. Compreendo a tua mágoa ou preocupação mas acho que o pior que as pessoas podem fazer é deixar de fazer algo com as suas vidas por causa de outra pessoa, seja mãe, pai, ou outro familiar ou amigo.
    Quando eu fui para Londres, o meu pai recebeu uma carta em casa que, basicamente dizia que ele tinha uns quantos nódulos nos pulmões. Cada um maior que o outro. Todos cá em casa pensámos o pior. Entretanto, fui para Londres mas todos os dias perguntava como ele estava. Felizmente, aquele nódulos não passaram de infecções mal curadas que foram tratadas entretanto. De vez em quando lá vai ao hospital fazer testes de respiração e tal mas está tudo controlado. Estive fora algum tempo mas estive sempre preocupada mas não podia deixar de ir para Londres por causa dele. É verdade que ele tinha a minha mãe e o meu irmão mas mesmo assim, não devemos deixar aquilo que queremos em stand-by tendo em conta o que estamos a passar.

    ResponderEliminar
  4. é complicado, mas se tiveres oportunidade noutro sítio força..

    kisses***

    ResponderEliminar
  5. É mau sabermos que os nossos pais ficam a sofrer mas tens que lutar pelo teu sonho! Tens que lutar por conseguir exercer na área na qual estudaste! No início talvez te sintas culpada mas quem sabe o teu irmão não comece a aparecer mais vezes em casa para fazer companhia à tua mãe :)

    ResponderEliminar
  6. resp: já respondi num post à pergunta do blush*

    ResponderEliminar
  7. É difícil convencer os pais que os filhos crescem e precisam de aprender a voar sozinhos, mas tem que ser. São as leis da vida e ela vai entender. Vai sofrer, mas se for racional, percebe que o futuro é dos filhos. Nós somos o passado, as referências, os valores com que eles cresceram e isso deviam bastar para sentirmos que fizemos alguma coisa para que a vida tenha valido a pena. :)

    ResponderEliminar
  8. R: eu vi e aceitei querida. Até vi que estavas 'ausente'

    ResponderEliminar
  9. é super dificil para os nossos pais, quando o meu irmão foi estudar para cerca de (200k) de nós os meus pais também andaram aí um tempo a bater mal, mas talvez esteja na altura de seguires a tua vida, e por mais que lhe custe, tens de lutar pela tua felicidade

    ResponderEliminar
  10. É sempre complicado, mas devemos estar onde nos sentimos melhor e com boa qualidade de vida. Eu também não quero ficar cá e custa-me imenso deixar a minha família, mas é por um futuro melhor :)

    ResponderEliminar

Olá =) obrigado por me visitarem :)
Desculpem mas não irei responder a todos os comentários.. Mas quando responder será no blog da pessoa e no meu próprio blog..

Kiss*