quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Realização pessoal ou amor?



No livro Ellie de Lesley Pearse há uma parte onde o namorado de Ellie pede para ela casar com ele e ir com ele para Nova Zelândia, mas isso significa ela ter que desistir do seu sonho.. 
Vou dar um bocado de contexto..
O livro passar-se durante a Segunda Guerra Mundial e anos posteriores e nesta altura Nova Zelândia não estava tão desenvolvida como agora.. O sonho de Ellie é poder ser cantora/atriz de comédia famosa (além de ser o sonho dela tem um verdadeiro talento) e o homem pede para ela abandonar tudo quando ela consegue um contrato para um espetáculo.. 
Eu fiquei naquela, ele pode ser o amor da vida dela, mas será que o amor da nossa vida nos pediria uma coisa dessas?
Será que eu era capaz de deixar o meu sonho para me casar e ter filhos e virar uma fada do lar? E se o fizesse, como eu seria daqui uns anos? Eu aposto em rancorosa por causa do vazio que existia em mim.. 

Na minha opinião acho que é possível ter as duas coisas, o amor e a realização pessoal.. E vocês acham que é possível ter as duas coisas ou temos de escolher por uma?

7 comentários:

  1. r: eu não disse que não saberia sobreviver, apenas referi que ia ser diferente, aquilo que acabaste de me dizer (?) xD

    ResponderEliminar
  2. É possível ter as duas, sem duvida!

    ResponderEliminar
  3. É possível ter as duas coisas, claro que para isso é preciso certos esforços. R: ahahaha claro que sim, pimenta e tudo :p

    ResponderEliminar
  4. Não sei, claro que gostava de ter as duas...mas acho que o amor se realmente for o amor da nossa vida ficaria feliz vendo-nos felizes certo?

    ResponderEliminar
  5. acho que optaria pela minha realização pessoal, amores vão e vêm...

    ResponderEliminar
  6. Eu não só acho que é possível como acho que se deve ter mesmo as duas coisas. Um verdadeiro amor adapta-se aos sonhos de cada pessoa, ou seja, quando estamos com alguém, além de termos os nossos próprios sonhos, passamos a ter também os sonhos da outra pessoa, torna-se algo comum e portanto devemos lutar para que todos eles sejam realizados, os nossos e o da outra pessoa, em igual medida. Tudo é possível, eu acho, nesse caso se ela tinha imenso talento poderia tentar ser cantora na Nova Zelândia, por exemplo, ou então podiam ambos esperar, ela ficava uns meses a trabalhar como cantora e depois de já estar mais lançada nesse mundo artístico poderiam então tentar arranjar-lhe um contrato na Nova Zelândia por exemplo. Caso contrário a relação não iria durar, daí a uns tempos a frustração ia apoderar-se dela e depois dele e pronto, tudo estragado.

    ResponderEliminar

Olá =) obrigado por me visitarem :)
Desculpem mas não irei responder a todos os comentários.. Mas quando responder será no blog da pessoa e no meu próprio blog..

Kiss*