sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Toca a ir buscar o cobertor e a lanterna (3)


A lenda do Robin Hood, Nottigham, conhecido como Robin dos Bosques em Portugal, é tão inglês como chá e scones (expressão retirada daqui).. Apesar de eu considerar a tradição do chá portuguesa porque foi a Princesa Catarina (portuguesa) que o levou para a Inglaterra :p

Então a famosa lenda do Robin Hood é sobre um herói inglês que roubava à nobreza para dar aos pobres, aos tempos do Rei Ricardo Coração de Leão. Era hábil no arco e flecha e vivia na floresta de Sherwood. Era ajudado pelos amigos João Pequeno e Frei Tuck, entre os outros moradores de Sherwood. Teria vivido no seculo XIII, gostava de vaguear pela floresta e adorava a liberdade. Ficou imortalizado como "Príncipe dos ladrões", sendo um dos maiores heróis de Inglaterra. 

No entanto, o herói não é de fato um ladrão errante que vive nas florestas. A história começa quando Robin de Locksley, filho do Barão Locksley, é um cruzado e viaja com o Rei Ricardo para catequizar os herege. Prisioneiro, ele foge e retoma à Inglaterra. No entanto, ao chegar a casa, perceve que muito aconteceu. Aproveitando a ausência do Rei, o Príncipe Jonh, o segundo herdeiro direto, assume o seu trono, aumenta os impostos e mata o pai de Robin, destruindo também o seu castelo. Não tendo local para morar, Robin Hood (ganha apelido de hood por usar um chapéu com pena que se chama hood) encontra um grupo de homens que moram na floresta e os lidera numa batalha com o príncipe. Ele quer reaver a sua posição nobre e também ajudar os que se tornaram pobres graças à ganância de Jonh. 
Na lenda, Robin vence o príncipe e casa-se com Maid Marian, sobrinha de Ricardo. No fim da história, Ricardo Coração de Leão reaparece após a sua derrota em terras estrangeiras e nomeia Robin Hood cavaleiro, tornando-o nobre novamente. 

Existem imensas versões da lenda do Robin Hood. 

4 comentários:

  1. Vivo em Nottingham e todos os anos no Castelo fazem uma peça de teatro onde contam a história de Robin Hood. Só fui uma vez porque é daquelas coisas que é igual todos os anos, mas é super giro: existem imensos figurantes que andam pelo castelo e jardins do castelo com roupas de época, existem barracas com comida e pequenas lojinhas a vender objectos que eram vendidos na época. É mesmo giro.

    ResponderEliminar
  2. R: Já tive situações que não lembram a ninguém (impingiam-me sempre cursos da treta que custavam um balúrdio) e ficavam com parte do salário, mas nem todas as agências são iguais e por vezes são a forma mais fácil de conseguir um primeiro emprego aqui em Inglaterra e há mesmo trabalhos que só são conseguidos através de agências como é o caso de trabalhos como professor.

    ResponderEliminar
  3. Já procuraste aqui?: https://www.gov.uk/ - esta é a fonte mais fiável. Foi aqui que encontrei tudo o que era necessário para que a minha licenciatura fosse reconhecida aqui e como poderia exerce-la se assim o quisesse. Normalmente as coisas que tens de pagar são aí em Portugal por causa das traduções oficiais.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A diferença de preços é bastante :\ O melhor conselho que te posso dar é pesquisares no google (pode haver comentários de pessoas que já fizeram o mesmo que tu) e a fazeres o que achas mais seguro.

      Eliminar

Olá =) obrigado por me visitarem :)
Desculpem mas não irei responder a todos os comentários.. Mas quando responder será no blog da pessoa e no meu próprio blog..

Kiss*