sexta-feira, 19 de junho de 2015

Já teve dias melhores


Já ninguém consegue reconhecer o meu pai, quer dizer, as pessoas que lidam mais com ele como eu, a minha mãe e o meu tio.. Enquanto que para as outras pessoas ele mostra uma faceta de relax e de está tudo bem, para nós mostra uma faceta de ele é que sabe, de ganancioso e forreta.. E isto tem aumentando..
Agora ele tem atirado à nossa cara o gastos que tem tido, mesmo que ele também usufrua do que comprou.. Diz sempre que a gente não sabe o que é trabalhar. What a fuck?? A minha mãe está reformada, mas ela já trabalhou..
O meu carro ontem avariou e lá ficou o burro nas couves.. Lá atirou o que gastou com os painéis, arranjo do carro e mais não sei o que...
Ele não fala e outra coisa senão trabalho, ele só vive para o trabalho.. Não pergunta como correu o dia, se o estágio me está a correr bem, não pergunta à minha mãe como foi o dia dela.. Não fala de nada que não seja dinheiro ou o trabalho dele..
Ele até fez um escândalo por termos levado o cão mais novo ao veterinário.. E ele já estava com infeção na orelha quando fomos lá (percebíamos que algo estava mal mas pensávamos que tinha sido uma mordida do outro)
Ele é que sabe sempre tudo, e toda a gente está errada.. Se eu e a minha mãe não sabemos ir a um local ou esquecemo-nos de alguma coisa ou qualquer coisa assim diz que somos azelhas, que não sabemos fazer nada, que ele tem de fazer tudo sozinho..
Falamos com ele e ele não responde nem ouve.. depois diz que não dissemos nada.. Eu já cheguei a pensar que não tinha falado mesmo senão fosse a minha mãe a confirmar que tinha..
A minha mãe está a dar em doida, já não se sabe como falar com ele..
Depois que conselhos consigo dar à minha mãe?? Não consigo.. Se fosse um namoro eu dizia para ela ir embora, se já falou com ele várias vezes e ele não muda.. Mas não consigo dizer isso porque são os meus pais.
E não consigo dar conforto.. Não posso dizer que as coisas vão melhorar.. Então hoje disse que ele devia de ir a um psicólogo.. E ela concordou..
E também disse que ela também devia de precisar para conseguir lidar com o stress (e ela tem um passado um bocado traumatizante)..
Eu sou fria e objetiva, não consigo dar conforto nem conselhos porque eu sou daquelas pessoas que corta o mal pela raiz, mas são os meus pais, por isso não consigo dizer isso.

7 comentários:

  1. A descrição que fizeste do teu pai fez-me lembrar automaticamente do pai do meu namorado. Realmente acho que o mais acertado seria os teus pais, em conjunto, tentarem falar com um psicólogo e expor a situação

    ResponderEliminar
  2. Um psicólogo poderá mesmo ajudar. Força

    ResponderEliminar
  3. O teu pai deve estar sobre bastante stress e não está a saber lidar com isso, concordo com a P' que deveriam ir os teus pais em conjunto mas a questão é: Ele vai aceitar????

    ResponderEliminar
  4. O problema vai ser ele aceitar a ida ao psicólogo e dar razão ao psicólogo.. :/ **

    ResponderEliminar
  5. Estava a ler isto e automaticamente a lembrar-me do meu pai. Ele também é assim, e tem vindo a piorar com a idade. Nem sei como é que a minha mãe ainda não o deixou... mas é daquelas coisas. É complicado, mas tenho noção de que ela seria muitoooo mais feliz, e talvez ele entendesse que não há mulher nenhuma que ature a ele e às manias dele se não a minha mãe. Mas os homens são burros. Não há nada a fazer...

    ResponderEliminar
  6. é uma situação bastante complicada, o meu pai também tem momentos desses, mas passa e não é sempre! Acho que ir a um psicólogo ajuda se ele quiser ser ajudado...

    ResponderEliminar
  7. Essas coisas são delicadas e confusas...

    ResponderEliminar

Olá =) obrigado por me visitarem :)
Desculpem mas não irei responder a todos os comentários.. Mas quando responder será no blog da pessoa e no meu próprio blog..

Kiss*