quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Anda ciumento anda



O meu cão grande anda todo ciumento com a minha cadelinha.. Não é contra ela não... Nós é que não lhe podemos tocar, agarrar ao colo ou mexer-lhe sem ele tentar impedir-no ou começar a ladrar-nos.. ela ás vezes quer vir para ao pé de nós e ele não deixa.. Se ela não lhe liga ou nós a levamos a passear ele farta-se de fungar..

Ela quando vier comigo quando sair de casa a minha mãe vai ter muito que aturar.

Senti-me triste


Eu era para ter sido promovida a tempo inteiro porque houve uma colega que saiu que estava a tempo inteiro. A chefe de recursos humanos e a minha chefe diziam que eu ia ser promovida.
Mas o que acabou por acontecer foi por ter sido aumentada para 30h com o meu colega. eu já tinha tido planos para quando fosse promovida. Para vocês parece que é uma coisa sem importância mas para mim foi a quebra dos meus planos para sair de casa.

Sei que muitas destas me acontecer e até piores. Mas vamos lá ver como isto vai correndo. 

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Acho que vos enganei eheh


Imagem de love, couple, and baby
Acho que no post anterior houve pessoas que pensaram que eu tinha brinde eheh Mas não.. É falso alarme.. Que eu saiba não há nada aqui a crescer.
Apesar de estar nos nossos planos, queremos ainda aproveitar mais o tempo só os 2. eheh

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Qual a melhor altura de falar de puns


Imagem de beach, glasses, and sea
Digam-me cá uma coisa? Qual a melhor altura para um casal começar a dar puns ao pé um do outro?? 
Primeiro falasse disso ou deixa-se acontecer tipo acidente? Sei que há males piores no mundo mas isto é o que tenho andado a pensar no momento

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Nem sei o que me tem dado



Ando a ser uma completa desgraça com vocês.. Não escrevo nada, não vos visito.. Eu tenho coisas para vos contar mas depois me esqueço. Tal como agora, não me lembro das 1001 coisas que vos queria contar, mas sei que eram interessantes.. 
Sinto que ando sempre de um lado para o outro, sempre com coisas para fazer, até no inglês tenho me desleixado. Os profs ficaram sem me ver durante 2 meses. Um dia vou lá e uma das profs até disse que o meu cabelo estava grande.. Imaginem aqui esta desgraça. 
Mas vou tentar vir vos contar aqui as coisas pouco a pouco =)


quarta-feira, 3 de agosto de 2016

SInto-me bloqueada



Sinto-me completamente bloqueada. Sem vontade de escrever, sem vontade de pensar, sem vontade de fazer nada. 
Só tenho vontade de dormir, de ler e pouco mais do que isso. 

domingo, 24 de julho de 2016

ficarmos sozinhos suck



Uma das más coisas de trabalhar numa loja é nunca podermos abandonar a loja. Imaginem que estão num turno onde têm de ficar 4 ou 5 horas sozinhos. 
A parte de não poder ir à casa de banho nem ir comer qualquer coisa (só se for num instante ao armazém) provoca que o turno parece que passe muito mais devagar e desconforto e estamos sempre ansiosos que o turno passe para podermos ir fazer um xixizinho bem merecido. 

Series, um vicio#42




A serie que irei falar hoje será: How to live with your parents
A serie é sobe uma mãe e divorciada, Polly, que vai morar novamente com os seus pais, Elaine e Max, 
O seu retorno não é suave como ela esperava, tendo que lidar com os seus pais e com o seu estilo de vida relaxado, como com o seu melhor amigo que quase namorou e com o seu ex-marido que a quer de volta. 

Uma comédia bastante divertida e leve, óptima para ver quando queremos relaxar. 
Deu em 2013, tendo 1 temporada. 
Classificação IMDB 5.8/10

sábado, 23 de julho de 2016

falta de inspiração



Sei que tenho andado desaparecida, mas acho que estou a passar por uma fase que muitas bloggers passam. Falta de vontade, falta de inspiração, cansada de tudo. 
Mas quero mesmo começar a escrever aqui mais, sinto falta do contacto com vocês... Mas.. a falta de inspiração fala mais alto.. Agora vamos ver.

terça-feira, 5 de julho de 2016

Blogazine- JUlho



Bem.. Esta edição tem uma razão muito especial para vocês irem ler.. E sabem qual? Eu.. Eheh
Eu sou uma das entrevistadas desta revista e tem uma foto minha.. Por isso toca a ir ler aqui

quarta-feira, 22 de junho de 2016

História Vivida#15

Título: Quando estiveres triste, Sonha
Título Original: Dream when you're feeling blue
Escritor: Elizabeth Berg
Editora: Bertrand Editora

Sinopse:
7652036Kitty e Louise Heaney despedem-se dos respectivos namorados, Julian e Michael, que vão combater na Segunda Guerra Mundial. As irmãs Heaney sentam-se à mesa da cozinha, todas as noites, para escrever cartas: Louise, ao noivo; Kitty, ao homem de quem anseia ardentemente receber um pedido de casamento; e a terceira, Tish Heaney, a um grupo de homens, sempre diferente, que ela vai conhecendo nos bailes da United Service Organization. Nas cartas que as irmãs enviam e recebem, há imagens fugazes e íntimas da vida, tanto na frente de batalha, como em casa. Para Kitty, uma jovem confiante e voluntariosa, a partida do namorado e as lições que aprende sobre amor, resistência e guerra trarão uma surpresa e revelarão um segredo, levando-a a uma acção radical em nome das pessoas que ama, que transformará para sempre a família Heaney. As consequências perenes das escolhas que as irmãs fazem são o centro deste magnífico romance sobre o poder do amor e a força duradoura da família
Opinião: 
Sabem aqueles livros que primeiro lêem e gostaram mas não acharam nada de especial mas depois voltam a ler e parece que o filme fala com vocês? Que transmite os nossos medos e inseguranças? 
Ele fala basicamente das famílias e dos civis que viviam na América enquanto os seus soldados iam lutar na Segunda Guerra Mundial. E na segunda leitura achei o livro fascinante, apesar de ainda achar que o final é um bocado confuso. Porque de um capítulo para o outro muda tudo sem explicação(não posso explicar melhor senão seria spoiler eheh) 

Minha Classificação: 4/5
Classificação GoodReads: 3.50/5

Pensamentos Soltos#82



Lamentamos, em parte, a vida que criamos para nós próprios - por mais bem sucedida que seja - porque existe uma parte de nós que nunca se satisfaz com a nossa própria realidade, ao ponto aonde fomos parar.

O charme Discreto da Vida Conjugal
Douglas Kennedy

terça-feira, 21 de junho de 2016

Adoro oBuzzFeed#28



Hoje o artigo é sobre as pessoas que não sabem o que é importante na vida. 

1. Quem achou que Dr. Peter Venkman a enfrentar Vigo é mais interessante que o primeiro aniversário da sua criança. 

Whoever figured out that Dr. Peter Venkman defeating Vigo is hella more entertaining than your kid's first birthday.


2.Esta mãe que provou que pode fazer tudo. 

This mom proving that you truly CAN have it all!

3.Estes rapazes que fazem tudo por uma foto menos deixar a sua cerveja (quem está a segurar o rapaz continua com a garrafa na mão)

These bros who will do ANYTHING for the picture — except put down their beer.

4. Quem achou que é melhor todos saberem da chave para abrir a porta do que ninguém (pensava que estas coisas só quem vivia nos prédios podia saber)

Whoever thought, "It's better for everyone to know the code than no one — right?"

5. Quem parou de pintar a casa só para humilhar o seu filho

Whoever stopped painting their house to momentarily shame their kid.

6. Quem tira um minuto para ir queixar-te no facebook. 

People who take a minute to commemorate the moment on Facebook.
7. Pessoas que primeiro vão comer antes de ir para as urgências (o homem diz que está a tossir sangue e com dificuldades em respirar)

And people who know you can't go to the ER on an empty stomach.

8. Este rapaz sabe que quando se está com fome- é mesmo fome

Guys who know when you're hungry — you're fucking hungry.


9. Os criminais que sabem que se não tiraram foto, isso não aconteceu
These criminals who live by the motto: "Pics or it didn't happen."



10. Quem achou que a sua PS4 merece estar no banco da frente

Whoever realized their PS4 can only sit shotgun once.

sexta-feira, 3 de junho de 2016

A minha alma está parva



Eu não tenho estado no blog, mas lembro-me que se antes eu passasse das 150 visualizações por dia quase que fazia uma festa... Hoje só faço um post passado um mês de ausência (senão mais) e de repente tive mais de 500 visualizações.. Aparece que eu há 3 dias tive mais de 400.. 
Acho que o blog anda a gozar comigo só pode

Blogazine Junho



Já foram ver a blogazine deste mês? Como sempre a revista está muito boa e eu dou dicas sobre ler noutra língua que não seja a nossa materna, como por exemplo em inglês.

Espreitem aqui

quarta-feira, 11 de maio de 2016

segunda-feira, 25 de abril de 2016

Na minha opinião não deviam atirar-me isso à cara



Para o pedido de trabalho do lar a minha cunhada reveu o que fiz e alterou-me basicamente tudo (só as minhas ideias ficaram e mesmo assim acrescentou), nesse dia não trabalhou quase nada.. 
Mas o que eu tinha dito era para ela rever ao de leve (só a parte da gramática e isso), para não se preocupar muito por causa do trabalho.. 
Deram-me as correcções no domingo passado (não este, no antes) e eu comecei a trabalhar nessa terça.. Digamos que tenho andado cansada (porque me ainda estou a habituar), e ando a adaptar-me aos horários. e nesta semana quis ver se depois seria possível ter mais um trabalho a part-time ao mesmo tempo. 
Agora a minha mãe diz que já devia de ter entregue tudo porque a minha cunhada fartou-se de trabalhar naquilo e deixou o trabalho para trás.. 

E eu sou da opinião de, estou muito agradecida, mas eu não lhe pedi para fazer nada a fundo e muito menos a deixar o trabalho para trás. Por isso acho injusto agora a atirarem-me isso à cara. 

quinta-feira, 21 de abril de 2016

Eu dou daquelas...




.. Que chora como uma Maria Madalena quando vê vídeos de militares voltarem a casa para a sua família..

segunda-feira, 18 de abril de 2016

Obrigado**



Pelas vossas fisgas... figas.. olha não sei como se diz.. pelo vosso apoio. 

Consegui o emprego na loja de animais em part time.. Podem achar que é pouco, mas para mim é perfeito porque significa que tenho tempo para me dedicar às consultas que hoje dei uma, e já recebi outro telefonema sobre elas.. 

O meu mantra tem sido "As coisas vão melhorar" 
e pelo que parece as coisas andam a melhorar

Hoje A minha vida pode mudar!




Façam fisgas para que tudo corra bem!

sábado, 16 de abril de 2016

Sou complicada, e tu? |1 capitulo, 1ª parte

Hoje vou apresentar-vos o inicio do que pode vir a ser o meu livro =)


Margarida chegou ao café onde se ia encontrar com as suas amigas de infância, Rita e Clara. Todos os meses tentavam encontrar-se pelo menos uma vez por mês para nunca perderam contacto. Como é fácil perder o contacto com amizades antigas, o tempo passa, as responsabilidades começam a aparecer, estudar, trabalhar, namorados e afins, e o tempo livre para as amizades começa a ser cada vez mais pequeno.
Mal entra no café começa logo à procura delas, como detesta aqueles 5 segundos em que se sente completamente perdida. Mas percebe num instante que ainda não chegaram. Escolhe uma mesa no canto do café junto à janela, tira um livro para não se sentir tão sozinha enquanto espera pelas suas amigas.
-Olá Margarida, não sabes mesmo sair de casa sem um livro pois não? – diz Clara.
-É muito fácil, é só deixá-lo em casa e não mete-lo na mala. – reforça a Rita.
-Se vocês não chegassem atrasadas eu não tinha começado a ler- resmunga brincando a Margarida. As suas amigas nunca entenderam a sua grande paixão pelos livros. Se calhar porque nunca conseguiram abster-se completamente do ambiente que as rodeia e entrar completamente na história. Deixar-se ser a personagem principal e deixar-se seduzir pelos seus amantes. As personagens são os seus amores e nunca nenhum homem real a fez suspirar como elas.
Clara era alta, morena, cabelo totalmente liso e uns olhos verdes de fazer inveja, enquanto Rita era mulata de cabelo preto totalmente encaracolado e olhos grandes e negros que fazem lembrar chocolate negro. Às vezes invejava a sua aparência, sentia-se tão deslavada ao pé delas com a sua pele branca, cabelo loiro e olhos azuis, sentia-se totalmente sem cor. Mas uma coisa que não mudava era sua altura de 1.50m que provocada sempre brincadeiras com as suas amigas que tinham mais de 1.65m.
-Para de resmungar com os nossos atrasos oh geek – ri-se Rita- Nós hoje vamos ter companhia, ontem conhecemos uns gatos militares e eles vêm ter connosco.
-Sinceramente não percebo essa vossa mania por fardas- responde Margarida. Não gostava destas surpresas, não gostava que mudassem assim os planos. Ficava com o coração acelerado, aumentava a temperatura e começava logo a suar.
-Então é para nos porem a marchar- e com esta começam todas a rir-se até que reparam que têm cinco homens a olhar para elas. 


[Texto Original. Não copiar sem autorização]

segunda-feira, 11 de abril de 2016

Series, um vício#41


Eu hoje vou falar de uma serie bastante conhecida.. How I Met Your Mother


A serie começa em 2050 quando Ted Mosby decide contar aos seus filhos como conheceu a mãe deles. 
Mas ele não conta uma história de 5 minutos. Ele vai contando todas as peripécias dele e dos amigos durante vários anos e todos os seus amores que foram acontecendo. 
Na minha opinião é uma serie muito divertida, onde existem peripécias mirabolantes e personagens muito bem construídas. E que se tiverem o mesmo sentido de humor que eu, vão se rir em todos os episódios. 


Iniciou em 2005 e terminou me 2014 tendo 9 temporadas


Pontuação IMDB: 8.4/10

Imagem de Barney Stinson, how i met your mother, and serie

Ajudem a Becas

A mostrar 19338884_mMJ3R.jpeg


A mostrar 19338884_mMJ3R.jpeg
A mostrar 19338884_mMJ3R.jpeg
A mostrar 19338884_mMJ3R.jpeg
Em Fevereiro, a minha gata Tica, que estava comigo há quase 4 anos, faleceu de morte súbita. Entretanto, adotei duas gatinhas - a Becas e a Amora. Infelizmente, a sorte não está connosco, a Becas adoeceu esta semana e foi internada, correndo risco de vida. Com os tratamentos, tem melhorado, mas os custos são elevadíssimos.

Por isso mesmo, decidi fazer um leilão e quermesse, de livros, uns meus, e outros que me doaram para o efeito, e tentar assim conseguir uma ajuda para pagar os 5 dias de internamento, que rondam os 556 euros!

Pedia então para, se puderem, partilhar esta acção e, claro, se quiserem alguma rifa ou licitar um livro, estão à vontade!


Neste momento, as rifas solidárias são para os seguintes livros:
- Não Digas Nada - Mary Kubica e A Luz que Brilha - Danielle Steel - 40 rifas (1 a 40)
- Júlia: Afinal, Existem Príncipes Encantados - Natalie K. Lynn (com autógrafo personalizado para o sorteado) - 25 rifas (de 1 a 25 - já pedidas a 3,7 e 18)
- A Lupa de Alguém 2 - Anabela Neves e A Conspiração dos Antepassados - David Soares - 20 rifas (1 a 20)
Cada rifa tem o valor de 1 euro.


Em leilão, estão os livros:
- O Livro dos Perfumes Perdidos - M.J. Rose - licitado neste momento por 8 euros
- Em Segredo - Catherine McKenzie - licitado neste momento por 8 euros
- A Linguagem das Irmãs - Amy Hatvany - base de licitação 5 euros
- A Sombra do Vento - Carlos Ruiz Zafon - base de licitação 5 euros

Deixo também aqui o IBAN - PT50003504260003699840098 .

sexta-feira, 8 de abril de 2016

Pensamentos Soltos#81



E isto deixou-me a pensar como a vida, tal como a vivemos, parece sempre eterna. Apesar de sermos capazes de entender a ideia de que um dia havemos de morrer, ainda existe algo de incompreensível acerca da nossa mortalidade; de que, um dia, seremos nada; de que, na verdade estamos apenas de passagem. Tenho pensado muitas vezes se todos os problemas que causamos a nós próprios e aos outros mais não serão do que uma reação à constatação de que tudo o que fazemos, tudo o que alcançamos, se desvanecerá no momento em que morremos.
O Charme Discreto da Vida Conjugal
Douglas Kennedy

quinta-feira, 7 de abril de 2016

E se eu escrevesse um livro..


Imagem de girl, art, and painting

E se o seu prefácio fosse assim.. iriam ler?

Quando há guerra vão homens e mulheres lutar uma luta que não é sua. Vão lutar porque as pessoas de poder decidiram fazer guerra, mas nem vão perto do confronto. Ficam confortáveis nas suas casas, junto às suas famílias com guarda-costas para proteger a sua vida. 
Quando há guerra vão homens e mulher dar a sua vida por causas que algumas vezes nem acreditam, vão para uma situação de “matar ou morrer”. Jovens que vão corromper a sua inocência, pessoas que deixaram a sua família para trás na esperança de voltarem a casa vivos. 
Muitos não têm essa sorte, e acabam por não ver a guerra a chegar ao fim. Pessoas que não passam de nomes para as pessoas de poder que fizeram a guerra, nomes que serão esquecidos, mas que eram tudo para as suas famílias.

Vou fazer uma pista de obstáculos para a tica


Mal seja que ela também seja assim inteligente xD

quarta-feira, 6 de abril de 2016

Blogazine de Abril



Já foram ver a Blogazine de Abril?
Querem ler as entrevistas fantásticas e os artigos maravilhosos? Desde moda antes e depois do 25 de abril, livros que foram censurados, comer fora de casa e mais...

Espreitem aqui.

segunda-feira, 4 de abril de 2016

É uma coisa que demora tempo


Imagem de lovely, think, and girl
Hoje vem a minha mãe ter comigo a dizer para eu acabar hoje o plano de negócios/trabalho (ainda não sei como chamar àquilo) para a empresa onde me pediram para fazer isso, e porque?
Porque parece que o meu pai andou a chatear-lhe a cabeça com isso, e porque? Eu no domingo disse que isso ia ter de ficar uns dias parados (2 dias) porque tinha de ir estudar inglês e tinha avaliação, não podia ser de outra forma.. 
Eu passei 15 dias de volta do plano sem nunca ter tocado no inglês (uma coisa que vou fazendo aos poucos) e agora que vou ter avaliação resmunga porque não devia de deixar o plano parado.. 
Mas andamos a pagar o curso para eu andar a faltar às avaliações ou que? Uma coisa bem feita (o plano) demora tempo.. Ainda por cima quando sabemos que se não os cativarmos ficamos sem emprego. Uma coisa que nunca fizemos na vida demora tempo.. Sou perfeccionista e gosto de ter as coisas bem feitas e que eu me sinta orgulhosa do trabalho (não o blog ok? Aqui é um sitio onde venho desabafar). Não entregar uma coisa desta importância feita às três pancadas. 

domingo, 3 de abril de 2016

Pensamentos Soltos#80


- Não creio que seja capaz de escrever. -Adrian olhou-o com tal tristeza, que ele teve vontade de estender as mãos para lhe tocar.
-Talvez deva tentar. Por vezes, é uma tremenda libertação… para aquilo que se junta dentro de nós e nos entristece.
Uma Paixão
Danielle Steel

Seria Feliz#17


Um dia quando tiver uma casa quero ter um espacinho assim na minha biblioteca ou na marquise. 
Acho mesmo adorável 

sexta-feira, 1 de abril de 2016

Melhores amigas, conhecer novas pessoas, esquecer as melhores amigas


Ás vezes pessoas que tiveram tanta importância para ti, pessoas que foram tuas amigas ou mesmo melhores amigas parecem que se esqueceram de nós. 


sexta-feira, 25 de março de 2016

quinta-feira, 24 de março de 2016

1001 Razões para seres Perfeito#9


Porque me apresentaste ao Ping Pong.
Mesmo eu sendo um desastre a jogar (mal acerto nas bolas) nos divertimos imenso. 
Porque não gozas com a minha falta de jeito nem falta de coordenação no desporto