sexta-feira, 8 de abril de 2016

Pensamentos Soltos#81



E isto deixou-me a pensar como a vida, tal como a vivemos, parece sempre eterna. Apesar de sermos capazes de entender a ideia de que um dia havemos de morrer, ainda existe algo de incompreensível acerca da nossa mortalidade; de que, um dia, seremos nada; de que, na verdade estamos apenas de passagem. Tenho pensado muitas vezes se todos os problemas que causamos a nós próprios e aos outros mais não serão do que uma reação à constatação de que tudo o que fazemos, tudo o que alcançamos, se desvanecerá no momento em que morremos.
O Charme Discreto da Vida Conjugal
Douglas Kennedy

1 comentário:

Olá =) obrigado por me visitarem :)
Desculpem mas não irei responder a todos os comentários.. Mas quando responder será no blog da pessoa e no meu próprio blog..

Kiss*